Categoria: Dicas

Escrever objetivos e metas no papel ajuda a concretizá-los

Todo fim de ano é comum fazermos um balanço das mudanças que queremos para o próximo ano. Independente de qual seja o objetivo, se é adquirir hábitos saudáveis, mudar de emprego, ter um novo cargo, ser mais presente com a família e os amigos ou até deixar certos comportamentos para trás, o primeiro passo para qualquer mudança é que ela precisa começar internamente.

Algumas dessas mudanças também dependem de profissionais para ajudar, como é nosso caso, com o trabalho do personal trainer, do nutricionista e do fisioterapeuta.
Mas antes de tudo, quem quer mudar precisa manter acesa a chama da automotivação e existe uma forma muito simples para ajudar nessa tarefa: papel e caneta.

Depois de refletir sobre os objetivos para esse ano, coloque-os no papel e estabeleça um prazo para que sejam alcançados, isso porque se a meta for longa demais a pessoa pode acabar se desistimulando e deixando o objetivo de lado. Então, o mais recomendado é que as metas sejam dividas em curto, médio e longo prazo, separando-as em 12 meses, 6 meses, 3 meses, 1 mês, semanal e até diária, de acordo com o grau de dificuldade de cada objetivo.

É interessante também que você saiba exatamente o que precisa para atingir determinado objetivo, pois quando se sabe o caminho, o resultado vem mais facilmente. Para se autoavaliar, escreva ao lado de cada objetivo o que você vem fazendo para conquistá-lo, pois é uma forma de ter um panorama e tornar o esforço ou a falta dele mais concreto.

Outra ação aconselhável é compartilhar as metas com alguém você se sinta à vontade. Peça para que essa pessoa de tempos em tempos pergunte o que você anda fazendo para cumprir as metas e, se necessário, faça cobranças. Incentivos daqueles que gostamos são sempre bem-vindos.

E, por fim, não deixe de comemorar os seus passos, as suas conquistas, por menores que sejam, pois cada resultado alcançado é mais um degrau para o seu objetivo final.

Feliz 2018, amigos!

Drenagem Linfática X Massagem Modeladora

Já é de conhecimento comum que as massagens são ótimas para potencializar a composição dieta e exercícios físicos. Elas podem reduzir o inchaço, medidas, gordura e até mesmo tornar o corpo mais modelado. As mais comuns são a drenagem linfática e a massagem modeladora. E para você saber a diferença entre elas, a fisioterapeuta dermatofuncional do Thiago Arias Personal Studio, Priscilla Costa, explica as principais diferenças entre as duas técnicas.

Drenagem Linfática

A drenagem linfática manual tem como objetivo eliminar as toxinas do organismo e o inchaço corporal provocado pelo acúmulo de líquido do sistema linfático. A massagem é feita com movimentos leves, lentos e com pouca pressão no sentido dos gânglios linfáticos. Indicada nos casos de pré e pós-operatório de cirurgia plástica, alterações hormonais, gestantes, alterações circulatórias, entre outros casos. Seu objetivo principal não é redução de medidas, mas pode vir acontecer uma leve redução em pessoas que sofrem com retenção de líquidos.

Massagem remodeladora

A massagem modeladora tem como objetivo principal modelar o corpo. A massagem é feita com movimentos rápidos e constantes de maneira intensa em todo corpo agindo diretamente no aumento da circulação local e oxigenação dos tecidos, ativação do metabolismo agindo diretamente na celulite e gordura localizada, sendo potencializada com o uso de dermocosméticos.

Dra. Priscilla Costa – Fisioterapeuta

Crefito 3/106996-F

Praticar exercícios no inverno queima mais calorias

Para quem quer emagrecer, estação fria é a melhor para espantar a preguiça e encarar os treinos

Sabemos como é difícil acordar mais cedo para ir à academia ou treinar à noite depois do trabalho durante o inverno. Automaticamente o corpo pede alimentos mais calóricos, o que dá ainda mais preguiça e aumenta a vontade de permanecer debaixo das cobertas. Mas, poucos sabem que para quem quer emagrecer os dias mais frios são os que garantem os melhores resultados.

De acordo com o educador físico Thiago Arias, no inverno a queima calórica durante os exercícios é maior. “Como a temperatura ambiente é menor do que a corporal, o corpo tenta manter a temperatura equilibrada, o que aumenta a produção interna de calor e acelera o metabolismo. Aliada a uma alimentação saudável, é mais fácil emagrecer no inverno do que no verão”, explica.

Para não deixar o desânimo atrapalhar a prática da atividade física, a necessidade de se criar metas de curto e médio prazos nos dias frios é ainda maior. “Nessa época há um aumento do número de faltas, mas é importante que o aluno mantenha sua motivação para continuar o treinamento. Promover desafios e incentivar os alunos é papel do profissional, mas eles também devem ter a consciência de que a prática física deve ser vista como um hábito”, aconselha.

É fundamental lembrar que embora temperaturas mais baixam sejam aliadas no emagrecimento, não se deve passar horas se exercitando e nem aumentar a intensidade dos treinos por conta própria. “Cada pessoa é de um jeito e possui objetivos diferentes, mas independente do que se busca deve ser feito acompanhado de um profissional’, alerta o educador físico.

Nossa Metodologia de aula

Ola amigos, tudo bom?

Neste nosso novo video vamos explicar para vocês como funciona nossa metodologia de aula.

Desde quando um aluno nosso inicia nossa programação de treino ate uma possível mudança de acordo com suas necessidades e objetivos específicos.

Costumo dizer que qualquer programação de treinamento precisa ser estudada e cuidadosamente elaborada de acordo com cada cliente. De acordo com a lei da especificidade cada ser humano é totalmente diferente do outro em todos os sentidos.

Cada um tem um organismo e respostas diferentes a determinados estímulos, devemos através disso planejar e adequar os exercícios de acordo com suas respostas fisiológicas e físicas, tendo assim o máximo de aproveitamento e qualidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O principal questionamento de nossa equipe quando iniciamos com um novo aluno é para quem são os exercicios? Para que são os exercícios e para qual finalidade estamos utilizando aquela programação escolhida. Através dessas informaçōes conseguimos elaborar e ajustar nosso programa de treinamento.

Costumo dizer que nossa metodologia é não ter metodologia especifica, pois como disse anteriormente cada ser humano tem suas particularidades e necessidades, portanto não podemos “engessar” nosso método através de metodologias prontas.

O que temos é um esqueleto de aula que possui inicio, meio e fim.

O inicio de nossa sessão de treino começa com um trabalho de auto massagem e liberação miofascial, independente de objetivo especifico a liberação miofascial ajuda a melhorar a condição do músculo na hora de execução de movimentos, melhora o fluxo sanguíneo da região estimulada, ajuda a desfazer os trigger points e relaxa a fáscia muscular.

Logo após entramos no trabalho de mobilidade articular e aquecimento dinâmico muscular. Nesse momento aquecemos e estimulamos as musculaturas e articulaçōes do que iremos trabalhar naquele dia. Por exemplo: Em treinos onde utilizaremos exercícios de dominância de quadril, trabalharemos ativação muscular de glúteos, core, posteriores de membros inferiores e mobilidade de quadril, joelho, tornozelos e etc..

No momento do nosso treino adequamos as necessidades e objetivos de cada aluno nosso. Se tivermos alunos que tem como objetivo ganho de massa, faremos um trabalho de hipertrofia, alunos que precisam melhor sua performance em determinados esportes, estimulamos e fortalecemos os pontos principais e mais utilizamos naquela modalidade e assim por diante.

Em casos de melhora de performance ou perda de peso costumamos trabalhar os treinamentos intervalados de intensidade, intervalando frequência cardíaca elevada com periodos de descanso.

Ao final de toda sessão de treino estimulamos nossos alunos a trabalhar flexibilidade, relaxamento e mentalização. Isso faz com que o corpo desacelera de uma forma continua.

Abaixo nosso video explicativo!

Espero que gostem, nosso objetivo é levar cada vez mais saúde, bem estar e qualidade de vida as pessoas!

Bons treinos!